Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2019 >
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Reflexões da Quaresma

Terça-feira da Semana Santa

D. Laurence Freeman

João 13, 21-38

[Jesus] molhou o pão e deu-o a Judas, filho de Simão Iscariotes. Logo que ele o engoliu, Satanás entrou nele. Jesus disse-lhe, então: O que queres fazer, faze-o depressa. Mas ninguém dos que estavam à mesa soube por que motivo lho dissera.

A Última Ceia foi uma refeição entre amigos mais estranha do que pode parecer à primeira vista. Nas frases iniciais de sua descrição, confrontamos uma percepção do intenso drama das relações humanas, através do qual todos somos levados ao nosso último despertar para o relacionamento com o fundamento do ser - a unidade.

Leia mais...

Segunda-feira da Semana Santa

D. Laurence Freeman

João 12, 1-11

A casa ficou cheia com o cheiro do perfume.

Esta semana é uma penetração do mistério de Jesus de Cafarnaum, que é o Cristo para aqueles que o veem com os olhos da fé. Viajar para qualquer mistério envolve encontrar novas dimensões da realidade, nas quais a mente lógica e o senso comum protestam contra a violação do absurdo. Isso não faz sentido. É tudo um mito. Tudo bobagem! Essas reações podem de fato estar bem enraizadas, por isso devemos ouvi-las com respeito: o diálogo com os ateus é melhor do que pregar aos convertidos. Mas elas também podem ser os sinais de que estamos progredindo pelos espaços interestelares e encontrando uma realidade que nos contém, e não a imagem de uma realidade que observamos através de um telescópio.

Leia mais...

Domingo de Ramos

D. Laurence Freeman

Domingo de Ramos - Quaresma 2019

Lucas 22, 14-23, 56

Todavia, eu estou no meio de vós, como aquele que serve.

A história começa com uma entrada triunfal e termina em completa rejeição e fracasso. Entre o começo e o fim aparece o desenrolar grandioso. Trata-se do recorrente padrão da vida que preferimos ignorar. Sucesso, realização, contentamento aparecem com uma graciosidade que não podíamos ter imaginado preenchendo-nos com o deleite da gratidão. Nada é mais maravilhoso do que a dádiva de nos sentirmos plenamente gratos. Em vez de pedir e imaginar, temos apenas a necessidade de receber.

Leia mais...

Sábado da Quinta Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

João 11, 45-56

Não percebeis que é melhor um só homem morrer pelo povo do que perecer a nação inteira?

Quando criança, fui educado na riqueza da fé católica. Seu simbolismo poderoso abriu novas dimensões da realidade para mim. Tinha uma imagem de Deus tão madura quanto era possível naquela idade. Cada vez mais, porém, eu me relacionava com aquele ser distante, eterno observador do alto, supostamente amoroso mas também assustadoramente frio, uma construção de nosso imaginário coletivo, mais ou menos como o ladrão de banco se relaciona com a câmera de segurança.

Leia mais...

Sexta-feira da Quinta Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

João 10, 31-42

Mesmo que não queirais acreditar em mim, acreditai nas minhas obras

O que essas obras poderiam ser - então e agora?

Depois que Santo Antônio do Deserto meditou por vinte anos, em solidão, seus amigos vieram procurá-lo, na expectativa que estivesse morto ou desequilibrado. Em vez disso, ele surgiu física e mentalmente radiante, saudável e racional. Pelo resto de sua vida foi conhecido por curar os doentes, consolar os tristes e reconciliar os divididos.

Leia mais...