Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2019 >
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Segunda-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Estou em Bere Island há alguns dias, sozinho. O tempo está glorioso. Como não rezamos o Glória na missa durante a quaresma, o clima fez isso por nós.

A luz do sol e o repentino surgimento das cores e perfumes deste período pré-primavera, os primeiros narcisos florindo antes do tempo, brisa suave, mares calmos e uma mudança contínua contrastando com tudo isso. É difícil acreditar que tempestades golpearam a costa da ilha durante semanas antes de irem para o resto da Europa. Ou que há pessoas aqui num luto doloroso, tendo de enfrentar uma cadeira vazia, vivendo com a ausência de um companheiro de mais de trinta anos de vida.

Por um lado, temos que aceitar o clima glorioso, respirar fundo e sair para caminhar, não importa o quanto ele dure, e desapegar dele quando a chuva voltar amanhã. Hoje em dia sempre sabemos quanto tempo o bom clima vai durar. Talvez seja mais fácil estar no momento presente e totalmente despertos quando não consultamos a previsão do tempo. Por outro lado, temos que deixar o companheiro ir embora, enfrentar o futuro sem ele e ao mesmo tempo crescer no progressivo sentimento de presença que ele vai deixando. Em ambos os casos, trata-se do desapego e redescoberta do dom das coisas, do fluxo da realidade que não podemos congelar e descongelar ao nosso bel prazer.

Lugares simples como Bere Island – espero que você tenha o seu próprio e não apenas diga às pessoas para os ter – não são uma fuga da realidade. São maneiras profundas, totalmente humanas e elementares de viver no momento presente, mas com um sentido da glória da vida que engloba tudo. Visto com essa consciência, nenhum clima é ruim. Mas quando ele é ruim e pensamos em “como é que as pessoas conseguem aguentar tudo isso”, já sabemos a resposta.

Ouvi dizer que o grupo de meditação que se reúne aqui todas as semanas, faça chuva ou faça sol, agora tem algumas crianças meditando. Que a quaresma esteja sendo um período desse tipo para vocês.

 

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.