Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2019 >
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Sábado da primeira semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Sempre que não estamos tratando de superficialidades tendemos à verborréia. Quando começamos a falar a respeito do inefável, tornamo-nos como um pregador que sabe que está ministrando um mau sermão, mas não consegue parar. Ele continua a cavar a própria cova na tentativa desesperada de se redimir e de salvar a própria reputação.

O Buda os chamava de equilibristas e artistas, pessoas que tentavam convencer a si mesmas e aos outros de que a mais elevada percepção da verdade pode ser definida e argumentada. Santo Agostinho dizia: ‘si comprehendis, non est deus’ (Se você o pode compreender, então não é Deus).

Na primeira epístola a Timóteo Paulo, em sua costumeira maneira apaixonada, alertava para que não fossemos surpreendidos dando atenção a mitos e genealogias intermináveis, que promovem especulações inúteis em vez do plano redentor de Deus que opera pela fé. O objetivo do ensinamento não é o de mais reuniões e discussões intermináveis, porém, “o amor de um coração puro, uma boa consciência e uma fé sincera”. (1, 4)

Especialmente a esse respeito, eu faria melhor encurtando meus comentários. Repita seu mantra, dizia John Main: repita seu mantra, e contente-se em repetí-lo para experienciar as consequências de repetí-lo.

 


 

Texto original em inglês

Saturday Lent Week 1
When we are not on the margins, on the ‘shore of the wide world’ we are prone to verbosity. When one starts trying to talk about the inexpressible we become like the preacher who knows he is giving a bad sermon but can’t stop. He goes on digging his own grave in the desperate attempt to redeem himself and save his reputation.
Some people even get paid for doing this.

The Buddha called them ‘eel-wrigglers and hair-splitters’, people who try to convince themselves and others that the ultimate insight of truth can be defined and argued about. St Augustine said ‘si comprehendis, non est deus’ – if you can understand it, it isn’t God.

In 1 Timothy Paul warned in his usual passionate way against getting caught up in paying attention to ‘myths and endless genealogies, which promote useless speculations rather than God's redemptive plan that operates by faith.’ The goal of teaching is not more meetings and endless discussion but ‘love from a pure heart and a good conscience and a sincere faith’ (1:4)

On this theme especially, I had better keep my comments short. Say your mantra. John Main said: say your mantra, be content to say it and live out the consequences of saying it.

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.