Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2019 >
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Quinta-feira da Quinta Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman


João, 8, 51-59: Antes de Abraão existir, EU SOU

A câmara digital mais poderosa do mundo está sendo construída nos Andes para fotografar o invisível: galáxias a mais de oito bilhões de anos-luz de distância. É parte de um projeto para descobrir o “universo obscuro” da energia que a ciência não consegue compreender. O modelo padrão existente para explicar o cosmo é considerado agora incompleto e insatisfatório.

A exploracão do universo obscuro envolve a pesquisa por novas “superpartículas”, as quais, imagina-se, são capazes de atravessar a matéria sem qualquer interação perceptível. Isso significa que mesmo as partes mais profundas do espaço intergalático podem ser encontradas em campos de energia difusa, diferente de tudo que que se conhece até agora. Os cientistas estão explorando a possibilidade de universos múltiplos, cada um com diferentes leis de física. No Big Bang, que fez surgir o tempo e o espaço, passaram a existir quantidades iguais de matéria e antimatéria. Os mesmos cientistas estão se perguntando onde a outra metade do universo está escondida.


As mentes mais racionais e científicas do mundo que estão envolvidas nesta pesquisa ficam excitadas ao navegar no limite destes novos continentes de conhecimento. Não saber é sempre um meio de uma gnosis mais profunda, do conhecimento pleno. “Conhecê-lo, embora seja além do conhecimento”, como disse São Paulo sobre o mistério de Deus revelado em Cristo.

Nós todos precisamos atualizar as metáforas que temos para nos ajudar a seguira adiante neste horizonte fugidio que atravessamos em silêncio. O silêncio do grande EU SOU. Depois descobrimos, sem dúvida, que o que está a uma distância de oito bilhões de anos-luz e que só conseguimos conhecer como “o passado” é nada menos do que o aqui e agora.

Que ótimo motivo para fazermos nossa própria exploração da verdade na nossa meditação diária. Que interessante pensar nas escrituras como o mapa codificado desta jornada


Com amor
Laurence



Texto original em inglês

Thursday 5th Week Lent
Jn 8:51-59: before Abraham came to be, I AM

The world’s most powerful digital camera is being constructed in the Andes to photograph the invisible – galaxies up to eight billion light years away. It is part of a project to discover the ‘dark universe’ of energy that science cannot understand. The existing standard model explaining the cosmos is generally accepted now to be incomplete and unsatisfying.

The exploration of dark matter involves the search for new ‘super-particles’ which, it is imagined, can pass through ordinary matter without any perceived interaction. This means that even the deepest parts of inter-galactic space may be found to exist in an all-pervasive energy field different from anything known so far. Scientists are exploring the possibility of multiple universes each of which has a different law of physics. At the Big Bang, which brought time and space into existence, equal amounts of matter and anti-matter came into existence. The same scientists are wondering where the other half of the universe is hiding.

The most rational and scientific minds in the world that are engaged in this research are thrilled by sailing on the edge of these new continents of knowledge. The way of unknowing is always the way to deeper gnosis, fuller knowing. ‘To know it, though it is beyond knowledge,’ as St Paul said about the mystery of God revealed in Christ.

We need all the updated metaphors we can get to help us move towards this receding horizon which we cross in silence. The silence of the great I AM. Then we discover, no doubt, that what is eight billion light years away and which we can only know as the ‘past’ is, no less, here and now.

What an exciting reason to be making our own exploration of the truth in our daily meditation. How interesting to think of the scriptures as the coded map on this journey.

 

With love

Laurence

 

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.