Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2019 >
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Quarta-feira da Terceira Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Mateus 5,17-19: Não vim revogá-los, mas dar-lhes pleno cumprimento


Estes evangelhos recentes ilustraram como Jesus conviveu com a crítica e a rejeição - as coisas que menos gostamos na vida. Seu exemplo de completa integridade nos inspira a lembrar o que plenitude significa. Encoraja-nos a pensar que é humanamente possível.

Quando vemos hipocrisia - o inimigo da integridade - somos cautelosos. Se a condenamos - como Jesus e os grandes mestres fizeram - nos expomos ao ataque.Ninguém gosta de ser chamado de hipócrita ainda que em algum nível todos saibamos que o somos. A palavra vem do grego hypokrisis que significa 'ator'. Assim, é quase inevitável que finjamos ser ou sentir o que não somos, mesmo que também gostássemos de ser aquilo que fingimos . 'Desculpe-me' (significando 'acabe com isto'). 'Vamos mudar' (significando 'você primeiro').'Te amo' (seguido de ' desde que').

Não temos que nos desesperar sobre nossa inautenticidade, simplesmente admiti-la. O que a neutraliza e impede nosso falso eu de bloquear o caminho para um nível mais profundo de consciência onde podemos ser quem nós somos e onde a verdade não é algo sobre a qual pensamos ou dizemos mas uma experiência completamente (inter-)pessoal. O sinal de que estamos caminhando para lá é quando não nos tomamos muito a sério e quando somos capazes de rir de nosso falso eu e de dar as boas vindas para que outras pessoas façam o mesmo.

Gradualmente a máscara do ator se torna - como numa boa peça teatral mais do que numa novela - um meio transparente de revelar a verdade mais profunda.A forma pode assim comunicar o vazio do qual está cheia.(Deus é a união do vazio e do cheio). A coisa maravilhosa é que isto acontece - se o permitimos e damos o necessário espaço - de modo sutil e nas coisas mais comuns da vida. (Vendo Deus em todos). É por isso que a Quaresma é sobre as pequenas coisas. E porque a meditação é mais sobre o praticá-la.
 

Com amor

Laurence

 


 

Texto original em inglês

Wednesday 3rd Week Lent
Matthew 5:17-19: I have come not to abolish but to fulfil

These recent gospels have illustrated how Jesus dealt with criticism and rejection – the things we like least in life. His example of complete integrity inspires us to remember what wholeness means. It encourages us to think that it is humanly possible.

When we see hypocrisy – the enemy of integrity – we are cautious. If we condemn it - as Jesus and the great teachers did - we expose ourselves to attack. No one likes to be called a hypocrite yet at some level we all know that we are. The word comes from the Greek hypokrisis which means ‘actor’. Yet, it is almost inevitable that we pretend to be or feel what we are not, even if we would also like to be what we pretend. 'I'm so sorry' (meaning 'get over it'). 'Let's change' (meaning 'you first'). I love you (add 'provided that').

We don't have to despair about our inauthenticity, simply admit it. That defuses it and prevents our false self from blocking the way to the deeper level of consciousness on which we can only be who we are and where the truth is not some thing we think or say but a completely (inter-) personal experience. The sign that we are heading there is that we don't take ourselves too solemnly and that we laugh at our false self and welcome other people to do the same.

Gradually the actor's mask becomes - as in great theatre rather than in soap opera - a transparent means of revealing the deeper truth. Form can then communicate the emptiness which is fullness. (God is the union of emptiness and fullness). The wonderful thing is that this happens - if we allow it and make the space necessary - in subtle ways and in the most ordinary things of life. (Seeing God in everyone). That is why Lent is about small things. And why meditation is more about practice than.

With love

Laurence

 

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.