Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2019 >
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Quarta-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Mt 20,17-28: o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar sua vida como resgate por muitos

É surpreendente como a Igreja pode repetir estas palavras de Jesus (leia todo o Evangelho de hoje e a total inversão do sistema de poder social) mesmo tendo em seu bojo tanta hierarquia e tanto privilégio.

A única coisa que a absolve é a presença dentro dela, de pessoas (monges não incluídos) que estão bem e dolorosamente conscientes desta inconsistência. Quem pode culpar as pessoas por abandonar a instituição? Mais que elogiar as pessoas que, de qualquer modo, ficam e escutam, realmente escutam as palavras do Mestre e sofrem pela dissonância cognitiva.


Recomendo que vocês escutem o WCCM Monthly Podcast deste mês. Pulem a minha fala e dirijam-se diretamente à entrevista de Leonardo com minha amiga e companheira de peregrinação Anne McDonnell. Ela fala sobre sua doença terminal e sua experiência do presente e da presença que emerge quando você entra no presente. Seu centro de meditação cristã perto de Norwich, Inglaterra (Nogg's Barn), é um dos pontos 'não-googáveis' do planeta onde a verdade está sendo vivida. Eu amei - e aprendi - de seu discurso sobre as 'sugestões de imortalidade na meditação' que ela (de modo compreensível) encontrou 'dificuldades para falar sobre isto'. Suas palavras estão ensinando sem a auto-consciência do professor.


O espírito de serviço e a verdadeira humildade, que são o cerne místico-moral do Evangelho, estão inevitavelmente ligados à compreensão da mortalidade. Se você ainda não viu este aspecto da Quaresma, espero que o faça logo.

Com amor

Laurence

 


 

Texto original em inglês

Wednesday 2nd Week Lent 2015
Matthew 20:17-28: the Son of man came not to be served but to serve, and to give his life as a ransom for many


It’s amazing how the church can repeat these words of Jesus (read the whole gospel for today and its total inversion of the social power-system) from a place of hierarchy and privilege. The only thing that exonerates the church is the presence of people within the system (monks not included) who are well and painfully aware of this inconsistency. Who can blame people for leaving the institution? More, anyway, than can praise the people who stay in it and listen, really listen, to the words of the master and suffer the cognitive dissonance.


I recommend you listen to this month’s WCCM Monthly Podcast. Skip my talk and go to Leonardo’s interview with my friend and fellow-pilgrim Anne McDonnell. She speaks about her terminal illness and her experience of the present and of the presence that emerges when we enter the present. Her Christian meditation centre near Norwich, England (Nogg’s Barn). Is one of the non-Googleable points on the planet where the truth is being lived. I loved - and I learned - from her speaking about the ‘hints of immortality in meditation’ which she (understandably) found ‘difficult to talk about’. Her words are teaching without the self- consciousness of the teacher.
The spirit of service and the true humility, which is the mystical-moral core of the gospel, is inevitably linked to the knowledge of mortality. If you haven’t seen this aspect of Lent I hope you do soon.


With love

Laurence

 

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.